História de uma gata

Oi gente, tinha dado uma sumidinha daqui por conta da faculdade e da procura de estágio, que estavam ocupando 100% do meu tempo, estar indo pro último ano não está sendo nada fácil… Mas agora eu voltei (uhul).

Resultado de imagem para gif viva

Tava pensando em escrever uma matéria bem legal, e que eu realmente gostasse muito para celebrar essa volta ao blog, e não tinha coisa melhor pra falar: minha gatinha <3

Bom, pra quem não sabe (acho meio difícil devido a quantidade de fotos que posto dela nas redes sociais kkkk) eu tenho uma gata, e vou contar pra vocês tudo sobre ela, as vezes isso incentiva quem sempre quis ter mas não tinha coragem ou ainda tinha dúvidas.

Resultado de imagem para gif miau

Ta aí o que mais choca todo mundo: eu não gostava de gatos, tinha medo, e sempre achei eles muito ariscos, preferindo os cachorros. Mas, meu namorado tem duas gatinhas maravilhosas, e acabei me apaixonando totalmente por elas, mudando totalmente esse meu preconceito com gatos. E eu não sou a única que aconteceu isso, a maioria das pessoas que falam não gostar de gatos, depois que se aproximam de um, ficam totalmente apaixonados (meus pais são exemplos disso hehehe, nunca deixaram eu ter um, mas agora até pegaram uma pra eles).

Foi assim que eu ganhei um dos melhores presentes desse ano do meu namorado: A Blair hihi (sim, é Blair de Gossip Girl, eu AMO), inclusive ele que deu o nome porque sabe que eu sou louca apaixonada. Pegamos ela de uma Associação daqui de Campinas chamada Focinho Abandonado quando ela ainda cabia na nossa mão, sim, ela era uma tica. Hoje ela já está com 5 meses e cresceu bastante, mas ainda é bem pequena perto de outros gatos.

Quando eu peguei ela

Ela é uma gata que parece um cachorro, extremamente carinhosa, fica no meu colo pra receber carinho, me dá beijinho e inclusive brinca de bolinha. Juro, ela não desgruda de mim por 1 minuto, parece sombra, onde eu vou, ela tá indo atrás.

E sem falar que é muito fácil e econômico ter um gato, compro a ração dela do mês, deixo lá no potinho pra ela, e quando acaba encho o potinho novamente, dou um dental fresh pra aliviar o hálito todo dia, e dia sim/dia não dou metade de um sachê para ela – ambos para filhotes, pois ela ainda não completou 1 ano. E o melhor de tudo: xixi e cocô só na caixinha de areia, ai é so jogar a areia suja na privada e dar descarga, nada de ter que ficar limpando do tapete hehehe. Ah e é claro, o potinho de água sempre ali, e muita brincadeira, amor e carinho. Vou deixar uma foto aqui das marcas que uso pra ela:

Resultado de imagem para golden filhotes gatoResultado de imagem para dental fresh gatoResultado de imagem para sache gato filhote purinaResultado de imagem para limpicat

Além disso, quando peguei ela, ela já veio vermifugada e precisei apenas dar as vacinas, e agora to procurando um lugar bem confiável para poder castrar ela (foi uma das condições da adoção). Ou seja, não dá trabalho algum, muito pelo ao contrário, só trouxe alegria pra mim e pra toda minha família. Pra quem mora em apartamento é necessário ter tela também, pois eles são bem curiosos, e não queremos ver nenhum gatinho se acidentando né?

Agora ela atualmente, junto com os pais mais amorosos do mundo

Pra quem quiser um gatinho, é muito simples: Só procurar uma instituição na sua cidade, pois tem milhares precisando de um lar cheio de amor e carinho! Adote, não compre! Inclusive, caso alguém queira, resgatei 3 gatinhos sábado e to procurando um lar pra eles, só me procurar nas redes sociais e vir conversar comigo. E pra quem quiser acompanhar todas as aventuras, brincadeiras e o crescimento da gatinha mais amada do mundo, ela tem instagram: Blair.

Espero que tenham gostado, qualquer dúvida podem me chamar.

Beijinhoss

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*